Labels

Saturday, September 24, 2011

INÉDITOS EM DVD


A SÉTIMA ALMA (My Soul to Take) de Wes Craven – O mestre Wes Craven cria um novo assassino em série, mas com resultados desastrosos, que me fazem perguntar o que é que lhe aconteceu? Tudo começa com um psicopata a ser morto pela polícia, na mesma noite em que a sua mulher e outras 6 mulheres dão à luz; uma destas crianças irá encarnar o seu espírito. O filme está repleto de teenagers desinteressantes, que são apenas carne para o assassino e este, cuja revelação não é uma grande surpresa, não tem qualquer tipo de carisma. O Craven tinha obrigação de fazer melhor, foi ele que nos deu o Freddy Krueger e os divertidos SCREAM. Classificação: 1 (de 1 a 10)




QUARENTENA 2 – ESTADO DE ALERTA (Quarantine 2: Terminal) de John Pogue – Os autores desta sequela à remake americana do filme espanhol REC (ficaram confusos?), decidiram seguir um caminho diferente da sequela espanhola e assim, desta vez a epidemia começa num avião que é forçado a aterrar num aeroporto e cujos passageiros e tripulação ficam “selados” dentro de um grande hangar. A opção por parte do realizador de se afastar do “found footage movies” resulta. O filme é eficaz, tem suspense mais que suficiente para nos prender à cadeira e alguns bons sustos para animar a coisa. Não há nada como uns bons zombies para animar um serão! Classificação: 6 (de 1 a 10)




PAUL de Greg Mottola – a dupla de SHAUN OF THE DEAD, Simon Pegg e Nick Frost, volta a reunir-se para esta comédia de ficção científica sobre dois “comic books geeks” que numa viagem aos Estados Unidos travam amizade com um extra-terrestre que quer regressar a casa. Julgo que a ideia era fazerem pelos filmes de ficção científica aquilo que fizeram pelos filmes de zombies, mas o resultado não está à altura do SHAUN OF THE DEAD. As piadas e as personagens são por vezes demasiado estúpidas, sendo o melhor tudo o que é relacionado com o universo dos “geeks”. Algumas situações são demasiado prolongadas e acabam por perder a graça (a cena da luta com os trekkies), mas há um certo carinho pelos dois protagonistas e a presença de algumas estrelas como a Sigourney Weaver também ajuda. Podia ser melhor, mas mesmo com todos os seus defeitos vê-se com algum agrado. Classificação: 5 (de 1 a 10)


No comments:

Post a Comment