Labels

Sunday, April 8, 2018

READY PLAYER ONE: JOGADOR 1 (Ready Player One) de Steven Spielberg

A História: Num futuro próximo, a população mundial prefere viver no mundo virtual do OASIS a ter que enfrentar a realidade das suas vidas. Quando o criador desse mundo virtual morre, divulga um vídeo em que desafia todos os jogadores a encontrarem um “easter egg” que se encontra escondido no mundo virtual e que dará, a quem o encontrar, o poder de gerir o OASIS.

O Filme: O realizador Steven Spielberg demonstra, com este seu novo filme, que não perdeu o seu espírito juvenil e leva-nos numa divertida, por vezes emocionante, viagem virtual com tantas referências ao cinema, e não só, dos anos 80, que é preciso ver o filme várias vezes para se apanhar tudo.
Em termos de ambiente, o TRON da Disney e o THE LAST STARFIGHTER são referências óbvias, mas o que me deu mais gozo foi o regresso ao universo de terror do THE SHINING do Stanley Kubrick. Sabe sempre bem ver o King Kong, o Iron Giant e tantas outras personagens que povoam as nossas memórias. O mais curioso é que, ao contrário do que eu julgava, tudo isto funciona e as quase duas horas e meia de duração passam sem se dar por isso.
Como é costume nestes filmes, os maus são sempre mais interessantes que os bons e Ben Mendelsohn é um verdadeiro “cabrãozinho”. No papel do herói, tanto podia ser Tye Sheridan como qualquer outro jovem, mas ele e os seus amigos facilmente criam empatia connosco.
Não é um filme para todos os gostos, apenas o aconselho aos que ainda têm uma mente jovem e cheia de imaginação.

Classificação: 7 (de 1 a 10)




















1 comment:

  1. Muito boa dica de cinema, obrigada por compartilhar! Um dos melhores de Spielberg até agora. Desde que eu vi adoro o seu trabaho. Eu assisti no cinema e adorei. O filme superou as minhas expectativas, o ritmo da historia nos captura a todo o momento. Eu amo o diretor desde que eu assisti o The Post a Guerra Secreta filme completo. Eu recomendo. Vocês vão gostar com certeza. Vale muito à pena, é um dos melhores do seu gênero. Além, tem pontos extras por ser uma historia criativa.

    ReplyDelete